[ RESENHA ] O VISCONDE QUE ME AMAVA ( OS BRIDGERTONS #2)

Título : O visconde que me amava
Autor : Julia Quinn
Ano : 2013
Páginas : 288
Editora : Arqueiro
Nota : 4,5/5

Sinopse

A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será

Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva.

Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela.

Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele.
Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração.
Considerada a Jane Austen contemporânea, Julia Quinn mantém, neste segundo livro da série Os Bridgertons, o senso de humor e a capacidade de despertar emoções que lhe permitem construir personagens carismáticos e histórias inesquecíveis.

Olá meus lindos leitores, trouxe a resenha de mais um livro maravilhoso da Julia Quinn, espero que gostem!

Resenha

Em O visconde que me amava, Anthony Bridgerton vai encontrar alguém à altura. Depois de anos vivendo de forma libertina, o irmão mais velho da grande família Bridgerton finalmente quer assossegar. Com o desejo de se casar, ter filhos e perpetuar o seu nome, ele vai ter que procurar entre as damas da sociedade, uma noiva com todos os seus requisitos: bonita, agradável e inteligente. Porém ela nunca poderá despertar nele o amor. 
É a partir de então que ele vê na linda e amável, Edwina, uma pretendente que possui todos os seus requisitos. Mas para poder cortejá-la, ele vai ter que provar para a irmã de Edwina, Kate Sheffield que é um bom partido para sua irmã mais nova. Porém Kate não vai deixar tão fácil assim, pois acredita que libertinos nunca poderão se tornar bons maridos, e vai fazer de tudo para proteger sua família.
Temos nesse segundo livro, personagens completamente iguais. Que colocam a família antes de seus próprios desejos. À medida que Anthony vê em Edwina, todas as qualidades de uma esposa adequada, não consegue deixar de se sentir atraído por Kate, a qual o tira do sério, e nutri uma relação de amor e ódio.
"Havia algo nela que lhe agradava mais do que qualquer mulher antes, como se o corpo dele tivesse descoberto algo que sua mente se recusa-va a considerar. Algo nela parecia...certo."
Mas será que Anthony irá finalmente ceder ao amor? Porque tanta relutância em encontrar um sentimento que ele costumava encontrar nos olhos de seus apaixonados pais? Aqui temos protagonistas muito fortes, que fazem de tudo por suas famílias, mas vão ter que lidar com seus medos e inseguranças. Vão encontrar no outro o que sempre precisaram.


"Se não quisesse se apaixonar, então , não ia se apaixonar. Simples assim. Tinha que ser simples assim. Ou ele não seria um homem de verdade, não é?"
O livro passa uma linda mensagem de que devemos aproveitar cada instante e que nunca devemos deixar nossos medos nos dominar. Acho que o principal tema da autora abordado foi a superação. Temos um final bastante melado e açucarado, o que não é algo ruim, porque nos faz suspirar. Temos presentes aparições de um fofo cachorro chamado Newton, personagens secundários muito bem construídos, muitas fofocas e a nossa tão misteriosa Lady Whistledown.










8 comentários:

  1. Oi Débora!

    Uma das minhas metas pra 2016 é ler algum livro da Julia Quinn, romances de época não são muito a minha praia, mas todo mundo fala sempre tão bem...

    Ganhei o 3º livro dessa série, UM PERFEITO CAVALEIRO, mas preciso ler os dois primeiros, tenho essa coisa com a cronologia kkkk

    Marquei o blog em uma TAG, ficaria muito feliz se participasse :)

    Até mais, beijos!
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginasblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Acho que você vai gostar, as vezes parece que romance histórico tem uma escrita difícil, mas os livros da Julia Quinn são super fáceis de se ler que o leitor se apaixona pela escrita! Espero que goste <3.

      Excluir
  2. Oie,
    estou lendo esta série também e adorando!

    bjos
    http://blog.vanewssasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Parece ser um livro bem legal!

    Sou novo aqui em seu blog e já amei tudinho!
    Já estou te seguindo.
    Da uma passada lá no meu??
    Abraço!
    Blog do Math

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Math, é mesmo, valeu, fico muito feliz.
      Passo sim e sigo de volta, beijos!

      Excluir
  4. Oi Dé, ultimamente tenho lidos boas resenhas a respeito desse livro, o que faz eu sentir cada vez mais vontade de ler...

    Beijos,
    Natália.
    http://doprefacioaoepilogo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nat, ah, dá uma chance, tenta ler O duque e eu, se você gostar passa pro próximo. Romance histórico é tão bom! Beijos :)

      Excluir